Para me preservar, e preservar a outra pessoa, irei trocar nossos nomes. Então, podem me chamar de Fernando, sempre sai com mulheres, já peguei meninas na balada, colegas de faculdade, e muitas prostitutas. Sou aquele tipo de cara machão mesmo, gosto de puxar um ferro, tenho o corpo bem definido. Nunca gostei muito de frescura, ou viadagem. Nunca frequentei balada GLS, ou algo do tipo, Na época eu tava com 29 anos, navegando na internet, acessei um blog de uma tal de cdzinha. Não sabia o que era, mas meu pau ficou duro vendo os videos dela dando a bundinha. No blog mesmo, fiquei sabendo do que se tratava, sai imediatamente do blog dela. Mas, ela não saia da minha cabeça. Então, voltei para o blog e bati umas punhetas, e gozei feito um louco. Depois disso, eu passei a vasculhar a internet, sempre procurando por cdzinhas. Batia punheta quase todo dia, vendo as meninas. Mas era difícil, conseguir sair com as famosinhas da internet. Muito homem em cima, então elas demoravam para resolver as minhas mensagens, e eu também não queria me expor muito. Tinha medo, de descobrirem o meu gosto, e pensarem que eu era gay. Para mim,macho comedor de cd é homem. Vejo elas como meninas, mas não é o que a sociedade pensa.

Na época, eu fazia curso de espanhol e um viadinho era meu colega de curso. Por volta de 1,60, loirinho, bem afeminado, e só 18 aninhos. Vou chamá-lo de Diego.Costumava conversar com ele, assim como com os demais colegas de sala, apenas durante o curso para treinar o idioma. Aos poucos, fui percebendo que ele tinha uma bunda redondinha, e um jeito bem feminino. Por sorte, ele também voltava de metrô para casa. Ia fantasiando aquela bunda empinadinha d4 para mim.

Aos poucos, passei a puxar mais assunto com ele, e sempre voltávamos juntos. Fomos ficando amigos. Como o metrô vinha sempre cheio, eu aproveitava para tirar uma casquinha, encostava a mão de leve na bunda dele, dava uma encoxadinha. Ia disfarçando, e aos poucos ele foi percebendo minhas intenções. Quando, o primeiro módulo do curso estava acabando, ele veio com uma calça bem justa, mostrando bem o corpinho feminino. Na hora do intervalo, quando ele abaixou no bebedouro para tomar água, percebi que estava usando uma calcinha. Percebendo que eu tinha reparado, ele vem na minha direção com uma cara de safada e fala : coloquei para vc, sei que vc sente tesão por mim.

Meu pau ficou duro na hora, nem prestei atenção direito na prova. Olhava para ele, que dava um sorriso sacana, me provocando. Eu ó pensava em comer aquele cuzinho.

Saímos do curso, e pegamos o metrô. Tava um pouco cheio, mas tinha espaço livre, mesmo assim fui encoxando por um bom tempo. Falei para ele que dessa vez , agente desceria em outra estação que eu queria levá-lo em um lugar. Hoje ele seria minha putinha. Fomos direto para um hotelzinho, bem fuleiro, mas que é ótimo para essas ocasiões.

Lá dentro, ele vai no banheiro e pede para que eu espere, por que iria se trocar. Quando voltou, veio com uma peruca loira, de salto alto, usando um shortinho de lycra, e com um detalhe que nunca tinha reparado : piercing no umbigo, daqueles que toda putinha tem. Perguntei como ela gostaria de ser chamada. E ela pediu que eu chamasse de Sibele.

Nos beijamos bastante, deitados na cama, com ela se esfregando no meu pau. Mandei ela chupar, que eu já tava de pau duro. Ela colocou tudo na boca, fez uma garganta profunda, quase engasgava, parecia profissional.

Tirou aquele shortinho e ficou só com a calcinha bem enfiada na bunda. Puxou um pouco a calcinha para o lado, e sentou em cima do meu pau. Cavalgava feito uma louca. Depois coloquei ela no frango assado, metia até o talo no cuzinho dela. A Sibele gemia , gritava, era uma voz bem feminina, delicada,ao mesmo tempo safada e pedia para fuder com força, arrombar o cuzinho dela. Parecia uma cadela no cio. Ela pede para eu come-la d4, e com bastante força. Agarro ela pela cintura, e começo a bombar no cu dela com força. Dava uns tapas , que bunda dela ficava toda vermelha. Vou metendo, e percebo que ela tava quase gozando. Então mantenho o ritmo, até ela não aguentar e gozar. Depois de um tempinho, eu gozo dentro do cu dela. Mas continuo metendo, e gozo outras duas vezes. A safada ainda deixa a porra escorrendo, me deixando com mais tesão ainda.

Conversamos um pouco, e contei para ela que há muito tempo tinha vontade de comer uma cdzinha. Que a partir daquele dia, ela seria minha putinha. Mas que era para a gente manter segredo.

Depois desse dia, passei a comer a Sibele direto, e minhas aulas passaram a ficar muito mais interessantes. Sempre depois da aula a gente ia para um motelzinho. Até dentro do banheiro do curso, rolava umas rapidinhas ou um boquete com ela bebendo leitinho.

3 respostas para “A minha primeira cdzinha fogosa”

  1. [email protected]
    Ninguém imagina que na intimidade uso lingeries e enfio consolos na minha bunda. Vendo esses sites ponográficos meu cu fica piscando e meu pinto fica duro dentro da calcinha. sp interior campinas votorantim e viajantes.

  2. Procuro grupo de machos ativos para me estuprar sem dó de verdade. Podem me dominar e fazer TUDO que quiserem comigo, mesmo se eu pedir pra parar e precisar ser à força.

    Meu whatsapp +55 19 99481-8715.

    Tenho vídeos e fotos em

  3. as famosinhas da internet podem ate ser s mais dificeis mais tmb sao as melhores bjos !
    a próposito quiser me conhecer so pesquisar cdzinha da web ( uma das famosinhas da rede )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Online porn video at mobile phone


cobtos eroticoscontos de.incestocontos eroticos animaismelhores contos eróticoscontos eroticos de irmãossexo com cachorro pornowww.contoseróticosmulheres tranzando com cachoromulher tranzando com um cachorromulher tranzando com animascontos eroticos orgiascontos eroticos comendo a maecontos eróticos insestocontos de surubazoofilia gay tubehomem fode cachorrosexo anal contosbuceta engatadacomendo irmã bebadacontos eroyicoscontos eróticos comi minha sogracachorro transando com sua donacontos eróticos de novinhasporno gay estrupadodupla penetracao com esposacontos analzoo contoscontos de incesto entre mãe e filhoconto erotico com cavalonovinhas contos eroticoszorfiliacontos eroticos porncdzinhas blogscomo transar com um cachorronovinhas contos eroticosmeu sobrinho me comeucontos eroticos travestiscontos adultosler contos eróticoscontos.eroticozoofilia domesticawww.contoseroticocotos eroticowww.xvideos.com zoofiliazoofilia conto eroticocontis eróticoscontos de incesto maefudendo com meu cachorrocontos eróticos perdendo a virgindadecontos eroticos papai me comeured tube zoofilameninas dando pro cachorrocontos erotivos gayscontos de sexoscontos eroticos com filhastravestis na praia de nudismocontos eroticos meu sobrinhofodida pelo cachorrocontoeróticoscontos.eroticoszoofilia dando pro cavaloperdendo virgindade do cuzinhocomeu o cu da mae a forçaevangélica dando o cuhomem dando cu para cachorromulheres transando com jumentoscomeram meu cuzinhoperdendo a virgindade com carinhomulher fazendo sexo com cachorro grandecontos eroticos pai com filhaconto erotico sexo analcachorro fodendo com mulhermulher fudendo com cachorro giganteredtub zooconto erótico analcachorro engatado no cu de mulherzoofilia na praiapraia do pinho gayconts eroticoscontos pornograficoscontos incestos mae e filhocontos eróticos travesticontos eroticos sem virusempregada contocontos eroticos dotadoscontos eróticos de sexocontos eroticos anal